,

,

.

.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

POLÍCIA CIVIL ( PCDF) DESARTICULA QUADRILHA QUE VENDIA MOTOS ROUBADAS NO DF NO INTERIOR DA BAHIA.



                               com informações site Correio Braziliense
   Uma operação da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (15/4), desarticula uma quadrilha especializada em receptar veículos roubados ou furtados no Distrito Federal e falsificar os documentos para encaminhá-los à cidades no interior da Bahia e de Goiás. Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) cumprem 15 mandados de prisão e 20 de busca e apreensão em 11 cidades do país. Entre os presos está um funcionário comissionado do Departamento de Trânsito de Goiás. Ele ajudava a adulterar os documentos com informações que conseguia dentro do órgão. Até o momento, 10 pessoas foram presas. 

foto: R7
foto: Correio Braziliense


    O grupo era monitorado pelos investigadores da DRFV havia seis meses. Durante o período, os agentes recuperaram vários veículos, entre eles motos e picapes. Em algumas das ações, a Polícia Civil teve apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Essa é a segunda etapa de uma investigação da DRFV que prendeu oito criminosos em julho do ano passado, entre eles o responsável por roubar os carros.
    De acordo com o chefe da DRFV, Marco Aurélio Virgílio de Souza, desde a prisão dos responsáveis pelos roubos, o grupo mudou a preferência dos veículos para motos e picapes. As motocicletas eram furtadas principalmente em Ceilândia, em Taguatinga e em Samambaia. “Elas eram levadas para outros estados mensalmente em cima de caminhonetes, em reboques e dentro de caminhão baú”, detalha o delegado.
    Depois que os criminosos falsificavam a documentação dos veículos roubados e furtados, eles eram revendidos em cidades pequenas do Nordeste. Uma moto, segundo a polícia, era comercializada por aproximadamente R$ 3 mil. “E eram novas. Eles só queriam as motos que valem muito”, garante o delegado Marco Aurélio.
   No DF, a Operação Arrasto 2 cumpre mandados em Ceilândia, em Samambaia, em Taguatinga. Em Goiás, policiais se dividem entre Luziânia e Anápolis. A Bahia é onde mais cidades são vistoriadas pelos agentes da DRFV: Vitória da Conquista, Itapetinga, Brejolândia, Tabocas do Brejo Velho, Javi e Santana.
   Os criminosos responderão por organização criminosa, receptação, adulteração de sinal identificação de veículo, uso de documento falso, falsificação de documento público, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e de uso permitido, furto qualificado e roubo circunstanciado.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Cotidiano Policial. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Nossa equipe poderá retirar, sem prévia notificação, comentários que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.