,

,

.

.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

POLÍCIA FEDERAL REALIZA OPERAÇÃO 'TEMIS' EM CANÁPOLIS E SANTANA

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (11), a Operação Temis, com apoio da Assessoria de Pesquisas Estratégicas e Gerenciamento de Risco do Ministério da Previdência Social e da Gerência Executiva do INSS em Barreiras, que tem por objetivo desarticular grupo criminoso que agia na região Oeste do Estado da Bahia praticando fraudes na obtenção de benefícios previdenciários.  


Conforme apurou-se no curso das investigações iniciadas no corrente ano, a organização criminosa, composta por advogados, serventuária do Cartório de Registro Civil de Canápolis, servidor púbico federal do INSS e agenciadores, todos atuando nos municípios de Barreiras, Canápolis e Santana, agia, inicialmente, identificando os segurados rurais que haviam falecido já há algum tempo e cuja família não havia requerido a concessão de pensão por morte. De posse dessa relação, arregimentavam pessoas que se faziam passar por cônjuges desses segurados já falecidos. 


Posteriormente, com a colaboração de serventuários do Cartório de Registro Civil com Funções Notariais de Canápolis, obtinham Certidões de Casamento ideologicamente falsas, que eram utilizadas nos requerimentos de concessão de benefícios previdenciários, sempre da lavra de escritório de advocacia ligado ao grupo, e cujos procedimentos tramitavam nas Agências de Previdência Social de Santana/BA e de Barreiras/BA. 
Até o presente momento já foram identificados e suspensos 38 (trinta e oito) benefícios de pensão por morte concedidos de forma fraudulenta, que ensejaram, somente com relação ao pagamento de retroativos, ganhos de R$ 30.000,00 a R$ 40.000,00 por benefícios para a quadrilha, totalizando o prejuízo de R$ 1.277.854,00 aos cofres públicos federais, no período compreendido entre 2010 e 2013. Foram cumpridos por ocasião da deflagração da operação sete mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva expedidos pelo Juízo Federal da Subseção Judiciária em Barreiras. 
O advogado preso, após interrogado, será encaminhado para sala de Estado-Maior da Polícia Militar por contar com prerrogativa da Lei n.º 8.906/94 (Estatuto da OAB), onde ficará à disposição da Justiça Federal. Os envolvidos serão indiciados nas penas do art. 171, §3º (estelionato previdenciário) e art. 288 (formação de quadrilha), ambos do Código Penal Brasileiro. 
FONTE: Ascom Polícia Federal
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

11 comentários:

  1. eu estava indo para meu trabalho de manhã antes de ontem dia 11/9 quando vi 3 viaturas da policia federal indo sentido a Santa Maria a Santana, isso erá umas 5:20 da manhã pensei que fosse alguns assalto a banco.

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre tive em mente o seguinte texto bíblico: "Do suor do seu rosto comerás o pão todos os dias de sua vida". Pois bem, tem muita gente que não quer mais suar para ganhar esse pão, prefere se meter em atos ilícitos. Você plantou, você colheu. Acho que no meio dos envolvidos tem uma que merece pagar 10 vezes mais, pois ja aprontou tanto, inclusive tentando manchar muitas familias. Engrançado, só fiquei sabendo disso hoje, porque alguem mim ligou da Bahia para mim contar os novos acontecimentos. Prefiro enxergar minha cidade como antes, nos anos 80 onde tudo era sadio. Hoje, o que acontece por la, só envergonha a gente.

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu não sei quem você é, mais concordo contigo, pois ouço falar de algum que estar nesse rolo e que por aqui fez tanta gente chorar fazendo comentário maquiavélicos inclusive, falando mal de tanta mãe de familia que fundo a gente sabe que não tem nada em comum com ela.Veio para cá, casou aqui, construiu familia aqui, mas só plantou maldade aqui. por isso que acho que vc foi brilhante no seu comentário . abraço!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Anos 80?????? do tempo que se invadia a delegacia e tocava fogo em pessoas em plena praça pública????? kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Vc deve estar enganado, em Canápolis, ha houve muita coisa, mais queimar alguem e ainda em praça pública nunca ouvi dizer sobre. Mais isso não vem ao caso, estamos falando dessa sujeita que está envolvida nesse escândalo do inss, só que ela mesmo nem daqui é, veio da cidade vizinha. ô bichinha danada hein?

    ResponderExcluir
  6. Pois é moço(a) fiquei sabendo que ela tava investino muito nela mesmo, fazendo plastica e coisas mais.e agora?

    ResponderExcluir
  7. Agora é prisão neles.... gente assim tem que ficar fora da sociedade...Espero que fique presos por um bom tempo. conheço alguns deles que foram presos.. que inclusive deu golpe em pessoas que conheço.. A JUSTIÇA DE DEUS NÃO FALHA...

    ResponderExcluir
  8. FIQUEI SABENDO QUE AQUELE CARA QUE TEM A F250 VERDE TOPADA DE SOM FOI PRESO NESSA OPERAÇÃO TAMBÉM!!! É VERDADE???

    ResponderExcluir
  9. VOCÊ NÃO ENGANA A NINGUÉM VIADO DESPEITADO,FEZ OS ORKUT E VEM DENEGRIR IMAGENS ALHEIAS,TÃO RELIGIOSO... E NÃO SABE QUE NÃO PODES JULGAR??? QUE SEJA FEITA A JUSTIÇA DOS HOMENS, POR QUE A DIVINA JÁ ESTÁ SENDO FEITA!! MOSTRE TUA CARA,VOCES SÃO DIGNO DE PENA. SERÁ INVEJA, DESPEITO??? DEUS DARÁ A VOCÊS TUDO QUE MERECERES.

    ResponderExcluir
  10. Aquele carinha da cidade de canápolis do palio vermelho e da broz preta tambem foi preso? e a galegona o cartório?

    ResponderExcluir
  11. PEDRO o da F250 não foi preso não. ANONIMO 6 são de canápolis, e 2 de santana.O DO PALIO tá foragido em santana,mas a POLICIA FEDERAL ta apurando, breve ele estara onde merece.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Cotidiano Policial. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Nossa equipe poderá retirar, sem prévia notificação, comentários que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.